sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Um passo de cada vez...

"Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver". Dalai Lama
Ontem foi meu último dia na função de Integradora de Educação Especial na 11ª GERED/Curitibanos. Seis meses se passaram, muitas aprendizagens, novos amigos, uma extraordinária oportunidade de crescimento e prática profissional. 
Estou feliz com as conquistas deste ano...e claro que, mesmo melancólica, estou feliz! Aprender a aprender sempre! Este é o significado da vida: caminhar, tropeçar e chegar sempre ao destino, pensado por Deus e desejado em nosso coração. Eu cheguei lá e estou orgulhosa por isso!
Para 2012 novos desafios, dentre eles o Mestrado em Educação para o qual fui selecionada na UNIPLAC de Lages. Investigar os princípios e práticas da docência compartilhada a fim de viabilizar a mediação da aprendizagem de crianças com deficiência em processo de inclusão escolar é o tema inicial da minha pesquisa, além de reconhecer os rumos da atuação do 2º professor nesse contexto.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Relembrando 2011.

Há praticamente um ano comecei a escrever neste blog.
Inicialmente, na tentativa de exercitar minha produção escrita e compartilhar na rede informações, acontecimentos, leituras e ideias relacionadas à educação especial. Mais tarde, um prazer, que nem sempre foi possível aproveitar devido aos inúmeros "acontecimentos que tumultuaram" a minha vida nesse período.
2011: um ano cheio de ocorrências: algumas infinitamente tristes outras magnificamente felizes.
A vida é assim, repleta de altos e baixos, momentos bons outros, nem tanto.
Trabalho, muito trabalho!
Saudades das amigas...muita saudade!
Estudo, leituras...decisões.
Enfim, férias...preciso muito delas!
Amanhã é meu último dia de trabalho (nesse ano, porque em janeiro tem mais!) e estou contanto os dias para descansar e viajar com a família.
Mas hoje tem espaço para mais uma dica de livro: o útlimo que comprei (nesse ano, é claro!) hehehe!
Com o título "TEMAS MULTIDISCIPLINARES DE NEUROPSICOLOGIA E APRENDIZAGEM" lançado pela Novo Conceito Editora nesse ano de 2011. tem como Editores Científicos Luíza Elena L. Ribeiro do Valle e Fernando César Capovilla.
Reúne 79 textos de especialistas em desenvolvimento humano ao longo de todas as faixas etárias. 
O primeiro deles eu já li.
Intitulado como "Compreendendo o fracasso escolar no Brasil na década de 1995-2004" é uma crítica à situação edêmica do sistema de ensino e suas práticas de alfabetização impróprias. A situação do Brasil no relatório da OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico) nos últimos anos soa como um alerta para a situação de não-aprendizagem das crianças brasileiras. A má formação dos professores e as políticas públicas ineficientes tem sido algumas causas apontadas. Segundo os autores:
"[...]o Ministério da Educação só tem duas alternativas: 1ª - a estratégia de pessoas conscientes, inteligentes e corajosas, que consiste em fazer um levantamento sobre a evidência científica publicada e sobre as práticas internacionais em alfabetização para descobrir como passar a ensinar com eficiência, mesmo que isso implique em mudar [...] ou a 2ª - a de personagens de gibi como burros e avestruzes, que consiste em aferrar-se teimosamente ao hábito de enterrar a cabeça no mesmo velho buraco escuro do construtivismo  em alfabetização e, então, para não ter de constatar o fracasso a cada avaliação, simplesmente suprimir as avaliações [...] ou investimos já em uma escola de qualidade, ou nos veremos forçados a continuar tendo de investir cada vez mais em presídios, casas de custódia, armamentos, segurança...para tentar nos proteger da fúria daqueles  a quem negamos um dos direitos mais fundamentais da pessoa humana: o direito à educação". 
Remediar ou acelerar ...práticas de correção de fluxo escolar, como entender tudo isso? Uma tarefa importante para todos nós professores!
Boa leitura para você.

domingo, 4 de dezembro de 2011

Removendo barreiras para a aprendizagem: como?

Aproveitando a Semana Nacional de Acessibilidade e Valorização da Pessoa com Deficiência, gostaria de destacar  a publicação do Livro de Rosita Edler Carvalho, "Removendo barreiras para a aprendizagem: educação inclusiva" lançado em 2007 pela Editora Mediação.
Leitura que destaca as perspectivas da educação especial para o próximo milênio, faz reflexões sobre o termo "necessidades educativas especiais" e as barreiras de acesso e permanência ligadas aos aspectos pedagógicos e organizacionais da escola. Exemplifica os tipos de exclusão e os desafios da inclusão escolar, além do gerenciamento dos sistemas de ensino de forma a atender as especificações da educação inclusiva. Por fim, destaca a avaliação e a formação do professor por meio de um texto claro que favorece a leitura e compreensão das temáticas abordadas.


"Temos uma longa trajetória e boas razões para unir nossos esforços, discutir nossas ideias, buscando alternativas que nos permitam entrar no novo século com perspectivas mais otimistas em relação às respostas educativas de nossas escolas para todos. Uma escola que permita ajustar o ensino às diferenças individuais e que construa uma cultura de paz". (Carvalho, 2007. p.172)


Boa leitura!

Acessibilidade: um direito garantido por lei.

Segundo o Decreto-lei 5296 de 2 de dezembro de 2004, que regulamenta as Leis n°s 10.048, de 8 de novembro de 2000, que dá prioridade de atendimento às pessoas que especifica, e 10.098, de 19 de dezembro de 2000, que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade 

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Rádio Escola - Projeto na EEB Argeu Furtado



Hoje de manhã estive prestigiando o lançamento da "Rádio Escola - Semeando educação e colhendo cidadania" na EEB Argeu Furtado em São Cristóvão do Sul. 
Este projeto conta com a parceria da Prefeitura Municipal de São Cristóvão do Sul através da Secretaria de Assistência Social.
As atividades iniciaram em outubro deste ano e o primeiro programa foi ao ar hoje, com graça e conteúdo exemplar: com o tema evasão escolar a "Escolinha do Professor Marcondes" divertiu e informou a garotada na hora do intervalo. A programação conta ainda com o "Jornal" e "Programação Musical",que inclui um espaço para recadinhos entre os alunos.

Parabéns para todos.
Você pode acessar os programas produzidos pelos alunos no endereço: http://myspace.com/radioescola ou http://radioescolaargeu.blogspot.com/

Fique encantada com a proposta pedagógica do projeto, com o envolvimento dos alunos e com a responsabilidade da escola em oferecer uma educação de qualidade, aquela que vai além do quadro, giz e livro didático: aquela que se preocupa com a formação integral dos seus alunos, com o seu crescimento pessoal e com o seu bem-estar na escola.
Uma experiência que vale à pena ser conhecida!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

IX Festival "Nossa Arte"

Nesta sexta-feira estive participando, com alguns bons amigos, do IX Festival "Nossa Arte" promovido pela APAE de Campos Novos.
O Festival é tradição APAEana e acontece em níveis regionais, estaduais e na etapa brasileira.
Artes Cências, Dança,  Dança Folclórica e Artesanato foram as categorias participantes neste dia.
APAEs de toda a região estiveram participando: Capinzal, Vargem, Celso Ramos, Itá, Joaçaba, além da sede, Campos Novos.
Parabéns a todos os alunos e professores pela beleza e encanto das apresentações.
Até uma próxima oportunidade. 
Na foto ao lado a Diretora da APAE, Angela e professoras da instituição junto com os jurados Jonas Poleto, Giovana Kruker, Odilon Rafaeli e eu.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

 Recebi por e-mail essa frase, de uma amiga querida e compartilho com vocês:

"Antes de julgar a minha vida ou o meu carácter, calce os meus sapatos e percorra... o caminho que eu percorri, viva as minhas tristezas, as minhas dúvidas e as minhas alegrias. Percorra os anos que eu percorri, tropece onde eu tropecei e levante-se assim como eu fiz. E então, só aí poderás julgar. Cada um tem a sua própria história. Não compare a sua vida com a dos outros. Você não sabe como foi o caminho que eles tiveram que trilhar na vida". (Clarice Lispector).

domingo, 20 de novembro de 2011

12 Dicas de Literatura Afro-brasileira e africana

Esse é o título da reportagem escrita pela jornalista  Mariana Queen no site Educar para Crescer da Revista Abril. 
De acordo com a própria descrição do site Mariana é "estagiária do Educar para Crescer, faz jornalismo na USP e, tendo estudado durante toda a vida na rede pública de ensino, defende o direito a uma Educação pública e de qualidade para todos". 
Encontrei este escrito vasculhando o facebook (onde, algumas vezes, encontramos boas dicas, além de devaneios e poesias cheias de duplo sentido) como dica da minha companheira de profissão Gladis Ben, educadora e jornalista curitibanense muito dedicada às suas profissões! 
Você encontra ela em seu blog: http://gladisben.blogspot.com/
Então, vamos conhecer os livros? 
"1 – Menina Bonita do Laço de Fita
Autor: Ana Maria Machado
A autora coloca em cena, através da história de um coelho branco que se apaixona por uma menina negra, alguns assuntos muito debatidos nos dias de hoje, como a auto-estima das crianças negras e a igualdade racial.
2 – Luana, A Menina Que Viu O Brasil Neném
Autores: Oswaldo Faustino, Arthur Garcia e Aroldo Macedo
O livro conta a história de Luana, uma menina de 8 anos que adora lutar capoeira, e a historia do descobrimento do Brasil. Ao lado de seu berimbau mágico, ela leva o leitor a outras épocas e lugares e mostra o quão rica é a cultura brasileira, além da importância das diferentes etnias existentes por aqui.
3 – O Menino Marrom
Autor: Ziraldo
O Menino Marrom conta a historia da amizade entre dois meninos, um negro e um branco. Através da convivência aventureira dessas crianças ao longo de suas vidas, o autor pontua as diferenças humanas, realçando os preconceitos em alguns momentos.
4 – Lendas da África
Autor: Júlio Emílio Brás
O livro mostra fábulas tipicamente africanas para leitores de todo mundo. Nas histórias, o autor mostra um pouco do folclore africano, além de passar valores do “tempo em que os animais ainda falavam” para as crianças.
5 – Terra Sonâmbula
Autor: Mia Couto
Primeiro livro do autor africano, Terra Sonâmbula foi considerado um dos doze melhores romances do continente no século 20.  Numa estória emocionante sobre o encontro de um menino sem memória e um velhinho meio perdido pelo mundo, Mia Couto mistura símbolos tradicionais da cultura e da história moçambicana.
6 – Meu avô um escriba
Autor: Oscar Guille
A história se passa na África, mais precisamente no Egito. O pequeno Tatu é neto de um escriba. A convivência com o avô permitirá ao menino aprender cálculos, a ter contato com tradições mais antigas de seu país e a se preparar para também ser um escriba um dia.
7 – O Cabelo de Lelê
Autor: Valéria Belém
Lelê é uma linda menininha negra, que não gosta do seu cabelo cheio de cachinhos. Um dia, através de um fantástico livro, começa a entender melhor a origem de seu cabelo e, assim, passa a valorizar o seu tipo de beleza.
8 – A varanda Do Frangipani
Autor: Mia Couto
O romance policial moçambicano é marcado por palavras criadas pelo próprio autor, nascido no país onde se passa a trama. A história conta sobre o violento colonialismo em Moçambique e a superação do país a partir dessa cicatriz histórica.
9 – Bia na África
Autor: Ricardo Dregher
O livro é parte da coleção “Viagens de Bia”.  Nessa estória, Bia viaja por diferentes países da África, como Egito, Quênia e Angola.  Na aventura, a garotinha conhece, entre outras curiosidades, a história do povo árabe e dos nossos antepassados negros, que vieram como escravos da África para o Brasil há muitos anos.


10 – Avódesanove e o segredo do soviético
Autor: Ondjaki
Em Luanda, capital da Angola, África, as obras de um mausoléu realizadas por soldados soviéticos ameaçam desalojar morados da PraiaDoBispo, bairro da região.  As crianças do bairro percebem as mudanças com olhares desconfiados. Talvez elas sejam as primeiras a perceber que a presença dos soldados soviéticos significa mais do que uma simples reforma espacial.


11 – Tudo Bem Ser Diferente
Autor: Todd Parr
A obra ensina as crianças a cultivar a paz e os bons sentimentos. O autor lida com as diferenças entre as pessoas de uma maneira divertida e simples, abordando assuntos que deixam os adultos sem resposta, como adoção, separação de pais, deficiências físicas e preconceitos raciais.
12 – Diversidade
Autor: Tatiana Belinky
O livro mostra, através de versos, porque é importante sermos todos diferentes. A autora fala que não basta reconhecer que as pessoas não são iguais, é preciso saber respeitar as diferenças".

Dia Nacional da Consciência Negra - 20 de novembro

* História do Dia Nacional da Consciência Negra:
Esta data foi estabelecida pelo projeto lei número 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. Foi escolhida a data de 20 de novembro, pois foi neste dia, no ano de 1695, que morreu Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares.
A homenagem a Zumbi foi mais do que justa, pois este personagem histórico representou a luta do negro contra a escravidão, no período do Brasil Colonial. Ele morreu em combate, defendendo seu povo e sua comunidade. Os quilombos representavam uma resistência ao sistema escravista e também um forma coletiva de manutenção da cultura africana aqui no Brasil. Zumbi lutou até a morte por esta cultura e pela liberdade do seu povo.

* Importância da Data:

A criação desta data foi importante, pois serve como um momento de conscientização e reflexão sobre a importância da cultura e do povo africano na formação da cultura nacional. Os negros africanos colaboraram muito, durante nossa história, nos aspectos políticos, sociais, gastronômicos e religiosos de nosso país. É um dia que devemos comemorar nas escolas, nos espaços culturais e em outros locais, valorizando a cultura afro-brasileira.
A abolição da escravatura, de forma oficial, só veio em 1888. Porém, os negros sempre resistiram e lutaram contra a opressão e as injustiças advindas da escravidão.
Vale dizer também que sempre ocorreu uma valorização dos personagens históricos de cor branca. Como se a história do Brasil tivesse sido construída somente pelos europeus e seus descendentes. Imperadores, navegadores, bandeirantes, líderes militares entre outros foram sempre considerados herois nacionais. 
Agora temos a valorização de um líder negro em nossa história e, esperamos, que em breve outros personagens históricos de origem africana sejam valorizados por nosso povo e por nossa história. 
Passos importantes estão sendo tomados neste sentido, pois nas escolas brasileiras já é obrigatória a inclusão de disciplinas e conteúdos que visam estudar a história da África e a cultura afro-brasileira.
Fonte: suapesquisa.com (texto na íntegra)

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Banco de Escola:

Navegando em busca de "novidades" sobre educação inclusiva encontrei o site Banco de Escola: Educação para todos, composto por artigos científicos, textos publicados na área da educação especial, sugestões de curta-metragens, dentre outros que valem à pena serem lidos!
Este site é desenvolvido por Elisabet Dias de Sá, que é Consultora Educacional com o objetivo de   "promover o intercâmbio com todos aqueles interessados em temas relativos a inclusão escolar e social de pessoas com deficiência".
Já estou salvando alguns...e você?

Para acessar clique no endereço abaixo:

domingo, 30 de outubro de 2011

"O valor da iniciativa" - vídeo

Mais do que uma lição de vida, um exemplo de cidadania, de solidariedade, 
de coletividade e de EDUCAÇÃO!
Já há alguns dias queria compartilhar esse vídeo. É realmente muito especial, mais do que motivacional!
Motivação é para mim mais do que "vontade de realizar" é "coragem para conquistar".
Que possamos passar essa mensagem para nossos filhos, nossos alunos, enfim, para todo o mundo! 
video
Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=BCPrNg1SO_g
Um bom domingo para você!

sábado, 29 de outubro de 2011

Programa Pró Jovem "Saberes da Terra"

Implementado em 2005, pelo MEC/Brasil o programa ProJovem Campo - Saberes da Terra oferece qualificação profissional e escolarização aos  jovens agricultores familiares de 18 a 29 anos que não concluíram o ensino fundamental. 
O programa visa ampliar o acesso e a qualidade da educação à essa parcela da população historicamente excluídas do processo educacional, respeitando as características, necessidades e pluralidade de gênero, étnico-racial, cultural, geracional, política, econômica, territorial e produtivas dos povos do campo.
Acontece hoje a formatura da turma orientada pelos professores Márcio, Ana, Ademir Gabriel e Emerson, na comunidade Santa Cruz do Pery.
Em meio a tantas especifidades vivenciadas em  sua trajetória, esse grupo de professores e alunos merecem mais do que felicitações!
Eu desejo um futuro com muitas realizações pessoais e, principalmente, profissionais. Obrigada pelo convite.
Parabéns a todos!

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Educasul 2011: I Seminário Catarinense de Articuladores Pedagógicos - eu fui...

e simplesmente: adorei!
A Conferência de Abertura foi apresentada por, nada mais nada menos, que Celso Vasconcelos, importante pesquisador e escritor da área da educação, com o título "Identidade Docente em Construção: saberes e (dis)saberes em foco".
Inúmeras reflexões acerca do papel do professor, dentre elas, "como fazer com que o meu aluno aprenda, se desenvolva e seja feliz?"
A função social da escola é "a apropriação crítica, criativa e duradoura dos saberes necesários para todos os alunos!"
"A identidade docente está em constante construção".
A formação continuada é muito importante, não só aquela oferecida pelos órgãos competentes, é necessário "buscar a auto-formação"!
"Só sei, que nada sei! Ensinar é cuidar para que o outro aprenda!"
"Para que haja disiciplina na sala de aula é preciso que haja planejamento (de qualidade, com intencionalidade). É preciso querer ser professor, querer estar na sala de aula!"
Quanta coisa a aprender...quanto podemos melhorar como profissionais. enfim, como educadores de fato!

O seminário tratou de esclarecer e fundamentar a atuação do ATP - Assistente Técnico Pedagógico em nossas escolas, reafirmando a sua função pedagógica em três principais eixos: articular/ formar/transformar.
É clara e urgente a necessidade de uma formação específica para este profissional, que contemple as especificidades de sua função, tais como:
  • o conhecimento das estratégias de formação
  • a construção de uma gestão coletiva e democrática
  • o domínio de fundamentos da educação e conhecimentos didáticos
  • a familiaridade  com questões atuais da sociedade sobre infância e a adolescência (aprendizagem e desenvolvimento)
 A nomenclatura está em discussão: 
Coordenador Pedagógioco ou Articulador Pedagógico?
A identidade está sendo construída.
Então, qual o seu papel enquanto agente de mudanças no cotidiano escolar?

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Educação Especial: uma conversa.

Na tarde hoje, estive participando de uma Reunião de Trabalho com os diretores das 14 Escolas da Rede Estadual de Ensino da 11ª GERED/Curitibanos
O objetivo: repassar informações sobre o Currículo da Educação Básica e sua Versão Preliminar/2011, destacando aspectos relacionados à Educação Especial e Diversidade.
Com a parceria da FCEE/SC e das 36 Integradoras de Educação Especial e Diversidade, além de grupos de professores de cada regional, estão sendo realizados estudos e sugestões de temáticas a serem destacadas na "nova" Proposta Curricular de Santa Catarina. 
Conforme destaca a legislação cabe à educação especial percorrer transversalmente toda a Educação Básica e Profissional.Atualmente dois documentos regulamentam tal prática: a Política de Educação Especial de SC e o Programa Pedagógico/2009, que continuarão tendo igual valor, pois tratam de questões teóricas e operacionais.
O foco nesse momento diz respeito às questões metodológicas, em toda a educação básica e, principalmente, relacionadas ao SAEDE/AEE: o que ensinar e como ensinar? 
Sabe-se que a finalidade do SAEDE/AEE é a de garantir o acesso ao currículo da educação básica através do desenvolvimento de habilidades necessárias para tal. Mas ainda estamos nos perguntando: como fazer isso?
A partir da divisão dos Grupos pela SED/SC em nosso último encontro, estarei participando do grupo de estudos sobre a Deficiência Visual juntamente com o minha amiga Daniela Longhi, profissional experiente que atua nesta área com grande competência.
E para 2012, ainda nos resta uma importante tarefa: incluir estas discussões e orientações (teóricas, operacionais e metodológicas) no PPP das escolas, institucionalizando o AEE, que acontecerá preferencialmente na Rede Comum de Ensino.
Ufa! 

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Educação: o que desejamos?

"Mais tempo da mesma coisa...nem pensar!"
Frase sobre o processo de implantação da educação integral no Brasil, com a qual eu concordo e  através da qual muitas inquietações surgem! Mudanças no tempo e no espaço escolar.
Formação continuada e trabalho educativo comprometido com a aprendizagem de todos os alunos.
Estejamos atentos à mudanças.
Escolas, professores, pais e alunos: 
a educação está em pauta.

sábado, 15 de outubro de 2011

15 de outubro: DIA DO PROFESSOR!

"Estamos atrás de nossa identidade de mestres. O que não mudou, talvez, possa ser um caminho tão fecundo para entender-nos um pouco mais, do que estar à cata do que mudou, dos moderninhos que agora somos. Mas porque continuamos tão iguais os mestres de outrora e de agora? Porque repetimos traços do mesmo ofício, como todo artífice e todo mestre repetem hábitos  e traços, saberes e fazeres da sua maestria. Nosso ofício carrega uma longa memória. Guardamos em nós o mestre que tantos foram. Podemos modernizá-lo, mas nunca deixamos de sê-lo.
Para reencontrá-lo, lembrar é preciso." 
Miguel Arroio em seu livro "Ofício de Mestre: imagens e auto-imagens
Parabéns pelo nosso dia!!

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

21 anos da APADAC em Curitibanos

A Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos de Curitibanos/APADAC comemorou na terça-feira, dia 11 de outubro, 
21 anos de existência
Uma celebração ecumênica foi realizada nas dependências da EEB Francisco de Campos onde fica a sede da Associação. Professoras, alunos e suas famílias estavam presentes. Um atuante trabalho é desenvolvido desde a sua criação. Suas ações, educativas ou sociais, são desempenhadas com comprometimento em defesa das pessoas com surdez. Uma equipe pedagógica que trabalha em grupo e uma Associação que não mede esforços para que o atendimento aos alunos seja realizado da melhor forma possível.

Fiquei muito feliz com o convite.


Parabéns a todos pela organização desde encontro.
Muitos, muitos anos de vida!

Educasul 2011: vamos?

24 a 26 de outubro de 2011:
Evento que reune educadores de dois em dois anos para atualização profissional e qualificação do ensino em sua escola.
O tema deste ano é
Professor@as em ação: 
conhecimentos e saberes em foco
Representantes da 11ª GERED/Curitibanos, patrocinados pela SED/SC estarão participando, incluindo Gerente, Supervisores de Ensino, Integradores, Diretores de escola e ATPs (Assistentes Técnos Pedagógicos), uma ótima oportunidade, não é mesmo?!
Acesse a Programação completa.

Você também pode ir, pois o evento é aberto ao público em geral.
Para fazer sua inscrição, clique aqui.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

12 de outubro: um dia para ser feliz...e


Acordar cedinho e ter o sol brilhando lá fora.
Um café na cama e aquela preguicinha que sempre dá nos dias em que trabalhamos...e poder ficar mais um pouquinho na cama.
Que delícia!
Sair com os amigos e compartilhar sorrisos, histórias e desejos.
Tirar aquele tempinho para saborar uma comida bem gostosa com os filhos, enfim, com toda a família!
Passear, pescar, contar piadas...sei lá...quero que o meu dia da criança seja muito, mas muito especial!. E você?


Feliz Dia da Criança!

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

E você...o que quer?

Já há alguns dias, a apresentadora global Ana Maria Braga vem expressando um novo lema em seu programa matinal, sobre o qual, devo confessar, tenho refletido dia-a-dia no trabalho, em casa...nos momentos difíceis que às vezes enfrento. A frase é simples e objetiva:
"Você quer ser feliz ou ter razão?"
Eu já fiz a minha escolha:

Quero ser feliz!
 
Farol de Santa Marta/Laguna-SC
"um lugar mágico, onde a gente se bem mais pertinho de Deus".

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Paz...em toda parte...

Hoje, em companhia da minha amiga Maristela, estive prestigiando as apresentações sobre o Dia Mundial da Paz na EEB Sólon Rosa pelas professoras Alessandra e Priscila com suas turmas de 2º e 5º ano do Ensino Fundamental.
Em coro a música "A Paz", do grupo Roupa Nova e composta pelo saudoso ídolo Michael Jackson que foi de arrepiar!
O Teatro "Um porco vem morar aqui" de Claudia Fries, nos trouxe uma mensagem de paz e de amizade, valorizando as diferenças humanas e repudiando todo o preconceito.  
A lenda do Tsuru, contada com graça e beleza nos transmite a força de nunca desistir e sempre pedir para que todos, sem distinção, tenham paz em suas vidas.
As camisetas foram pintadas pelos próprios alunos, representando os símbolos da paz.
Os corredores da escola, hum...repletos de murais confeccionados pelas demais turmas da escola. 
Um belo trabalho realizado pelos alunos e professores desta escola!
Parabéns!

05 de Outubro: Dia Mundial da PAZ!

"Melhorar o mundo é melhorar os seres humanos. A compaixão é a compreensão da igualdade de todos os seres, é o que nos dá força interior. Se só pensarmos em nós mesmos, nossa mente fica restrita. Podemos nos tornar mais felizes e, da mesma forma, comunidades, países, um mundo melhor. A medicina já constatou que quem é mais feliz tem menos problemas de saúde. Quando cultivamos a compaixão temos mais saúde." Dalai Lama

Eu desejo ...

terça-feira, 4 de outubro de 2011

O Currículo da Educação Básica em Debate:

Esse foi o título de uma Reunião de Trabalho nos dias 27, 28, 29 e 30 de setembro em Balneário Camburiu que reuniu toda a Equipe do Ensino das Gerências  de Educação de todo o Estado de Santa Catarina (Supervisora de Educação Básica e Profissional, Integradora de Educação Básica, Integradora de Ensino Médio e Integradora de Educação Especial e Diversidade) com a equipe da DIEB/Diretoria de Educação Básica e Profissional da SED/SC.
Os trabalhos viabilizaram estudo e discussão acerca da  
Versão Preliminar da Proposta Curricular do Estado de Santa Catarina.
Muitos aspectos relevantes: a matriz curricular, o conceito de ensino e aprendizagem, avaliação, dentre tantos outros.
Uma importante conquista são as orientações metodológicas na área da educação especial que farão parte desse documento, principalmente, relacionadas ao SAEDE/Serviço de Atendimento Especializado que logo acabará assumindo a nomenclatura da esfera federal, ou seja, AEE/Atendimento Educacional Especializado.
O que ensinar no SAEDE?
Como ensinar no SAEDE?
Tal produção ultrapassará o Programa Pedagógico, de cunho operacional, sem negar as suas instruções.
Estaremos discutindo e ampliando com os professores da rede estadual de ensino no compromisso de retornar para a FCEE com sugestões para a sua escrita final.
Igualmente, a diversidade, compreendendo as relações etnico-raciais e os temas transversais, ocuparam lugar de destaque.
Bases legais:
  • Resolução nº4, de 02 de outubro de 2009.
  • Decreto nº6571/2008
  • Nota Técnica-SEESP/GAB/nº11/2010
  • Resolução nº4, de 13 de julho de 2010.
  • Decreto nº 6571, de 17 de setembro de 2008.
  • Resolução CNE nº4, de 02 de outubro de 2009.
Muito trabalho a ser feito!
Para saber mais: FCEE

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Dia Nacional do Surdo

Hoje, 26 de setembro é comemorado pela Comunidade Surda Brasileira o  
Dia Nacional do Surdo.
Conforme texto publicado pela assessoria de imprensa da FCEE no dia de hoje "são relembradas as lutas históricas por melhores condições de vida, trabalho, educação, saúde, dignidade e cidadania. 
O dia é celebrado nesta data em alusão à inauguração do Instituto Nacional de Surdos Mudos do Rio de Janeiro, atual Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), primeira escola para surdos no país, fundada em 1857 pelo professor francês Hernest Huet. Desde então a luta pelos direitos dessas pessoas e pelo fim do preconceito foi intensificada"

Nesta quarta-feira encerra-se mais um Curso de Formação em LIBRAS oferecido pelo "Programa Um Salto para o futuro" comandado pela minha querida amiga Maristela Zuquelo e ministrado pela professora Mariane Vera Longhi Camargo.
Um clique da turma que esteve empenhada 
na qualificação do seu trabalho:

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Início da primavera: que a alegria perdure para todo sempre!

"Se o seu coração é absoluto e sincero, você naturalmente se sente satisfeito e confiante, não tem nenhuma razão para sentir medo dos outros". Dalai Lama

Boa primavera para você!

Convite de Formatura: um momento especial!

Ontem recebi a visita de minhas queridas amigas Juliana e Morgana, excelentes profissionais da área da Assitência Social que trabalham na APAE de Curitibanos e desenvolvem um magnífico trabalho junto aos alunos e seus grupos familiares. Ah! Há também uma tercera pessoa, não menos importante, que é parceira fiél nesta tarefa, nossa querida Luciana.
O motivo foi mais do que especial...
O Convite para a Cerimônia de Formatura do Curso de Alimentação/Horticultura e Jardinagem - Pessoa com deficiência/PCD oferecido pelo Programa Projovem.


Estou mais que feliz por todos os alunos, pois acompanhei de longe o início desta trajetória e tenho a certeza de que eles puderam aprender muito, mais muito mesmo.
Parabéns para todos que participaram.
Um abraço carinhoso para vocês!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

II Seminário de Educação Inclusiva e XVII Semana da Sociedade Inclusiva

Será promovida pela Fundação Catarinense de Educação Especial/FCEE em Florianópolis nos dias 28 a 30 de setembro no auditório Antonieta de Barros, na Assembleia Legislativa.
Para saber mais, clique no link abaixo:
FCEE

21 de Setembro: Dia nacional de luta das pessoas com deficiência!

Essa data foi escolhida por ser próxima ao início da primavera e coincidir com o dia da árvore numa representação do nascimento das reivindicações por cidadania e participação plena com igualdade de condições. 
Foi através da Lei nº 11.133 de 24/7/2005, que o dia foi instituído e deve compreender momentos de reflexão, de busca por novas alternativas que garantam os direitos da pessoa com deficiência, além de divulgação da luta pela efetiva inclusão social.
Atividades escolares, manifestações públicas, enfim, este dia é de ação e reflexão!  
E você, o que pensa sobre isso? 
Você conhece a história do Movimento Político das Pessoas com Deficiência no Brasil? Então, clique aqui:

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Aconteceu...e foi incrível!!

Nesta última sexta-feira, dia 16 de setembro de 2011, na Escola de Educação Básica "Professor Antonio Francisco de Campos" a 
VIII Feira Regional de Matemática
IV Feira da Ciência e do Conhecimento.
Promovida pela Gerência de Educação em parceria com a Secretaria Regional de desenvolvimento objetiva promover o intercâmbio de experiências pedagógicas e contribuir para a inovação de metodologias. Coordenada pelo professor Antonio Onetta/Supervisor do Ensino Superior, reuniu escolas municipais e estaduais, desde a educação infantil até o ensino médio. Essa foi uma experiência maravilhosa.
Um especial destaque para a Professora Elaina Cardoso, que atua no SAEDE/DV e que participou da feira com seus alunos, expondo alguns de seus trabalhos. 
Na foto (da esquerda para a direita) Prof. Elaina e a mãe dos irmãos Maicon e João Gabriel, ambos com surdez, atendidos na sala multifuncional da EEB Prof. Antonio Francisco de Campos no período matutino.
Parabéns para todos que participaram! 
 
SEPAREI ALGUMAS FOTOS PARA COMPARTILHAR COM VOCÊS...

Encontro para Estudo e Mostra de Trabalhos:

A convite da Equipe Pedagógica da Escola Especial Hugo Miguel Sulzbach/ APAE de Curitibanos, reunimos no dia 15 de setembro de 2011 os professores que atuam com 2º professor de turma, acompanhando alunos com deficiência na Rede Comum de Ensino, para refletir e aprofundar conhecimentos acerca da educação inclusiva.

"Deficiência e Compensação" foi um dos temas abordados. Foram destacadas a importância da metodologia diversificada, da qualidade da ação educativa e da aprendizagem contextualizada, dentre outros aspectos importantes.
Aprendemos muito, com certeza!




Em seguida, um lanche muito  especial!


Depois, a visita na "Mostra de Trabalhos sobre Sustentabilidade".
Parabéns a todos os professores pelo empenho e competência na realizção dos seus trabalhos.

Aos alunos um abraço especial e parabéns pelo capricho e dedicação na organização de seus trabalhos escolares.








Andrea, Elisangela e Angélica  obrigado por nos receber com tanta atenção. 
Parabéns pelo trabalho que desenvolvem.

Contem sempre comigo!
Abraços,